Institucional

Maior rede de lojas de produtos naturais, orgânicos e bem-estar da América Latina.

Em 25 anos de existência, a MUNDO VERDE se consolidou como pioneira e líder na proposta de desenvolver o conceito de vida saudável no varejo brasileiro, tornando-se a maior franquia do segmento na América Latina, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). A filosofia "verde" de viver ganhou tantos adeptos que a rede cresceu e hoje soma mais de 243 lojas, incluindo duas master franquias internacionais em Portugal, localizadas em Vila Nova de Gaia e na cidade do Porto.

Hoje, as lojas Mundo Verde recebem diariamente mais de 150 mil clientes em busca de pelo menos um dos cerca de 10 mil itens oferecidos, sendo uma média de 4 a 7 mil por loja, distribuídos por mais de 1000 fornecedores, entre eles 80% micro e pequenas empresas. O mix de produtos inclui desde alimentos integrais, orgânicos, funcionais, sem glúten, sem lactose diet e light, dieta Kosher, complementos alimentares e suplementos para atletas, até livros, CDs de música clássica, new age e étnica, incensos, cosméticos naturais, presentes conscientes e outros produtos voltados para a saúde do corpo e da mente.

O segredo de sucesso da Mundo Verde não está simplesmente na grande diversidade de produtos, mas em oferecer um conceito completo em alimentação e vida saudável. Por isso os vendedores são treinados para dar informações nutricionais e deixar os consumidores à vontade, em um ambiente que estimula o relaxamento, com música e incensos. Diversas lojas também oferecem palestras sobre alimentação e cuidados com a saúde e a qualidade de vida.

A Revista Mundo Verde, publicação focada em matérias sobre Esportes, Meio Ambiente, Alimentação, Ecoturismo e Informação, é distribuída gratuitamente nas lojas da rede.


História e reconhecimento

Inicialmente uma empresa familiar, a marca Mundo Verde surgiu em 1987 da preocupação de Isabel Maria Antunes Joffe em criar as filhas com alimentos saudáveis. Junto com o marido, Elísio Joffe, e os irmãos, Jorge e Arlindo Antunes, ela fundou a loja, de 25m2 e apenas um funcionário na cidade de Petrópolis, região serrana do Estado do Rio de Janeiro.

O negócio aos poucos foi conquistando clientes, principalmente cariocas que subiam a serra em busca de mais qualidade de vida nos fins de semana e feriados. Seis anos depois, a empresa optou pelo sistema de franquia para expandir seus negócios. A primeira loja franqueada foi aberta em Nova Friburgo, também na região serrana.

O principal diferencial da marca é aliar variedade, qualidade e informação à excelência no atendimento. O resultado positivo vem se refletindo na presença em novos mercados e na conquista de diversos prêmios nacionais, com destaque para o de "Melhor Franquia do Brasil 2004?, promovido pela revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios, da Editora Globo.


Princípios e valores

A empresa agrega em sua essência valores e princípios como o comércio justo, o consumo consciente, a ética nos negócios e a responsabilidade social, cultural e ambiental. "Nosso conceito e filosofia formam uma perfeita união com os anseios dos clientes, que entram em nossas lojas essencialmente para compartilhar ideais. O Mundo Verde virou um estilo de vida, de coisas positivas, saudáveis e boas para o planeta. Para nós, antes de ser um grande negócio, é um modo de olhar a vida e o mundo", destaca Isabel Joffe, fundadora da rede.

A começar pelos uniformes dos funcionários, que são feitos com fibras de garrafas pet, diversas iniciativas revelam a preocupação da rede com a questão da sustentabilidade sócio-ambiental. A Mundo Verde foi uma das primeiras redes varejistas no Brasil a aderir às sacolas retornáveis para substituir o uso de sacolas plásticas nas compras – uma "febre" na atualidade. Hoje, já são vários modelos de ecobags lançados pela rede.

Desde 2002, a rede divulga e comercializa a Vassoura Ecológica, feita de garrafas pet por comunidades assistidas pelo projeto Recicla Três Rios, no interior do Estado do Rio de Janeiro. Em 2008, o Mundo Verde abraçou o movimento Amazônia para Sempre, criado por artistas que participaram da minissérie global Amazônia – de Galvez a Chico Mendes, passando a recolher assinaturas para o manifesto em suas lojas. Também aderiu ao Fórum Amazônia Sustentável (FAS) , para promover ações que visem à sustentabilidade das comunidades amazônicas.


Mundo do Faz e Conta

Falar de cidadania, ecologia, alimentação natural, solidariedade e responsabilidade social. Fazer isso de uma maneira lúdica e divertida.


Assim é o projeto Mundo do Faz e Conta.

O projeto, idealizado e desenvolvido pela rede, leva uma contadora de histórias para visitar escolas, hospitais, asilos e outros locais. Levando alegria a quem precisa, através de canções, brincadeiras, artes com material reciclável, sessões de leitura e muita diversão!

Durante a visita da contadora de histórias Tia Dulce são apresentados e distribuídos exemplares do gibi Mundinho Verde, que ensina noções de cidadania, responsabilidade social e preservação do meio ambiente.

Desde sua criação em 2005, o projeto já atendeu mais de 100 mil crianças em cerca de 1. 000 instituições por todo o Brasil. Para o ano de 2012 a previsão é atender mais de 10 mil crianças.

A iniciativa busca incentivar o hábito da leitura desde cedo e despertar nas crianças o interesse pela preservação do meio ambiente. De forma lúdica e divertida, Tia Dulce leva uma verdadeira lição de ecologia, cidadania, alimentação natural, solidariedade e responsabilidade social.

Em 2005, o projeto foi reconhecido pelo Prêmio Valor Social, do jornal Valor Econômico.

243 Lojas em dezembro de 2012, sendo 226 em operação, incluindo-se as 2 operações internacionais, e 17 lojas em fase final de montagem. No Brasil, a marca está presente em 24 estados e no Distrito Federal;
38 novas lojas abertas no Brasil em 2012 e uma em Portugal e 45 lojas assinadas;
50 novas lojas previstas para 2013 no Brasil;
Meta de Expansão: 450 lojas até 2015 – pelo menos 1 em cada capital;
Mais de mil funcionários (média de sete em cada loja);
Mais de 150 mil clientes/dia;
Mais de 30 mil produtos cadastrados (média de 5 mil por loja);
3 mil a 6 mil itens oferecidos em 19 segmentos em cada loja;
Mais de mil fornecedores cadastrados (85% micro e pequenas empresas);